Como o método financeiro do primo rico é aplicado à previdência ARCA Grão

Como o método financeiro do primo rico é aplicado à previdência ARCA Grão?


A previdência ARCA Grão diversifica os investimentos para gerenciar riscos e ter uma ótima rentabilidade no longo prazo. O norte dessa abordagem é o método financeiro do primo rico — metodologia ARCA, criada por Thiago Nigro, o Primo Rico.


Ao trazer essa metodologia para a previdência privada, a Grão vai te ajudar a ter um futuro mais tranquilo.


É possível unir os benefícios tributários, que são comuns aos produtos da categoria, com uma abordagem mais adequada para maximizar lucratividade com estabilidade e equilíbrio de ativos. Entenda como o fundo funciona e quais são os benefícios de investir com a gente!


Como é a rentabilidade da metodologia ARCA?


O método financeiro do Primo Rico já foi aplicado em 9 países, tendo resultados expressivos. Entre 01/01/2012 e 01/01/2021, por exemplo, a rentabilidade foi de 274,69% no Brasil e 161,06% nos EUA , superando a inflação e a taxa livre de risco.


Para isso, a estratégia de investimentos é guiada por princípios de diversificação. Isto é, os ativos não são concentrados em uma única classe, mas distribuídos em diferentes setores da economia.


A sigla ARCA representa justamente as quatro classes utilizadas na metodologia. Todas elas apresentaram ótimos resultados entre 01/01/2012 a 01/01/2021:


a ções nacionais (+ 63,38%); r eal estate (+ 177,66%); c aixa — (+ 148,94%); a tivos internacionais — (+ 935,38%).


São classes de ativos promissoras. Além disso, como o método preza a diversificação, o patrimônio investido é exposto a diferentes condições de mercado.


Para citar um exemplo, se os imóveis (real estate) estão em baixa, não necessariamente os ativos internacionais vão estar também, tampouco a renda fixa.


Há situações, inclusive, em que certos ativos se valorizam no cenário em que os outros se desvalorizam. Por exemplo, um cenário de juros altos no crédito pode impactar positivamente a renda fixa , mas prejudicar o financiamento imobiliário.


O método ARCA tem essa qualidade de compensar os riscos que vão surgir ao longo do caminho com diferentes classes de ativos. Por isso mesmo, o foco é de longo prazo . É um método que traz resiliência para lidar com as perdas momentâneas e maximizar a lucratividade à medida que o tempo passa.


Qual a relação da metodologia do Primo Rico com o ARCA Grão?


O ARCA Grão foi criado em parceria com Thiago Nigro, que é um dos investidores. No mercado financeiro, essa condição é conhecida como “skin in the game” (arriscar a própria pele ou ter a pele em jogo, em tradução livre), demonstrando a sinergia de interesses entre as partes envolvidas. Afinal, ambas têm a ganhar e a perder conforme o desempenho do investimento.


Gestora de investimentos.


A Grão, nesse contexto, é a gestora do fundo de investimentos. Isso significa que nossos estrategistas, que contam com qualificações e certificações do mercado financeiro, vão tomar as decisões sobre os investimentos. E o norte dessas escolhas é o método financeiro do Primo Rico.


Plano de previdência privada.


Na prática, quando você adquire o plano de previdência VGBL ou PGBL, a compra equivale a um pacote de serviços. Entre eles, a operadora vai destinar os recursos para o fundo previdenciário , e a gestora desse patrimônio vai tomar as decisões por meio de profissionais.


ARCA Grão.


No caso do fundo, você tem o compromisso com a diversificação , utilizando as ações nacionais, real estate, caixa e ativos internacionais.


É importante, nesse sentido, ficar claro que algumas características estão presentes em qualquer fundo de previdência, enquanto outras dependem da concepção, estratégia e administração, ou seja, de achar o produto certo.


A diversificação é uma opção, que entende ser uma excelente estratégia para maximizar a lucratividade. Não é uma característica da previdência em si, mas uma decisão do produto ARCA Grão.


Como é a composição do fundo?


A composição do ARCA Grão é distribuída da seguinte forma entre as quatros classes de ativos:


30% em ações nacionais; 10% em real estate; 40% em caixa; 20% em ativos internacionais.


Dentro do método financeiro Primo Rico, existe um equilíbrio na escolha dos ativos. Imagine, por exemplo, que o Brasil passe por um momento de crise em sua economia.


A diversificação traz a perspectiva de gerenciar os riscos para conquistar ganhos de longo prazo. Perceba como as classes de ativos estão submetidas a segmentos diferentes da economia, logo abaixo!


Ações nacionais.


As ações nacionais são as frações do capital social das empresas listadas na bolsa de valores brasileira. Comprar uma ação é adquirir um pequeno pedaço dessas organizações.


Geralmente, quem busca esse investimento tem o foco em ver os papéis se valorizarem para uma venda no futuro, assim como receber os dividendos — pagos com base na lucratividade do negócio.


Como não existe uma remuneração com taxa pré-definida, a modalidade é de renda variável. E, assim como existem diferentes empresas em relação ao tamanho, segmento, saúde financeira etc., as ações podem representar riscos diferentes entre si. Igualmente, há papéis mais voláteis (muitos altos e baixos) e mais estáveis.


A gestão de investimentos vai buscar ótimos ativos dentro do percentual definido para a classe. Vale ressaltar que o investimento não precisa ser direto. O ARCA Grão pode, após avaliação dos estrategistas, adquirir cotas de fundos de ações, por exemplo.


Real Estate.


O real estate é um termo usado principalmente para se referir aos investimentos no segmento de imóveis. E, entre as opções disponíveis no mercado financeiro, a aquisição de cotas dos fundos de investimento imobiliário (FIIs) é uma ótima alternativa para atender aos requisitos dessa classe.


Há dois tipos de fundos imobiliários muito importantes. O fundo de tijolos atua diretamente com a compra, venda e aluguel de imóveis, entre outras operações com o bem físico.


Já o fundo de papéis investe em ativos ligados à dívida imobiliária, como letras de crédito imobiliário(LCI), certificados de recebíveis imobiliários (CRI) e letras hipotecárias (LH).


Além deles, o investimento pode acontecer nos chamados fundos de fundos. Trata-se de uma categoria que adquire cotas de outros FIIs.


Caixa.


O caixa corresponde aos investimentos que combinam renda fixa e liquidez. A renda fixa é caracterizada pela remuneração acontecer com uma taxa previamente determinada em contrato. Já a liquidez é facilidade para converter um ativo em dinheiro.


Muitos ativos da categoria estão ligados à compra de dívidas ou instrumentos de crédito. São exemplos os títulos da dívida pública, os CDB’s e as debêntures (dívidas de empresas).


Assim como nos demais casos, o ARCA Grão pode investir em cotas de fundos de renda fixa. Um fundo dessa categoria tem 80% dos ativos ligados a esse tema.


Entretanto, vale ressaltar que não necessariamente os fundos de renda fixa da carteira ARCA Grão terão alta liquidez, o que é feito para potencializar a rentabilidade desses ativos de renda fixa.


Essa classe de ativos está mais ligada à segurança e estabilidade da carteira de investimentos. Contudo, é importante notar que o Brasil tem um dos juros mais altos do mundo, e mesmo um investimento de menor risco pode ter remunerações interessantes.


Além disso, vale lembrar que nem todo ativo de renda fixa é altamente seguro. Até por conta disso é importante haver profissionais, como a equipe de gestão da Grão, para fazer a seleção desses ativos.


Ativos internacionais.


Os ativos internacionais são produtos em moeda estrangeira ou expostos preponderantemente as condições econômicas de outros países. Também estão incluídos os investimentos indiretos, como os BDR’s e os ETF’s.


Os BDR’s são certificados adquiridos na bolsa brasileira , mas que são direitos sobre ações estrangeiras. Assim, embora a compra aconteça no Brasil, o desempenho depende dos resultados do ativo no exterior.


Por sua vez, o ETF é um fundo que tem o objetivo de refletir um indicador de mercado. Seu papel é, quer esteja em queda, quer esteja em alta, espelhar exatamente o paradigma escolhido. Por exemplo, o BOVA11 deve refletir o IBOVESPA.


No caso do ARCA, o investimento em ativos internacionais é realizado por meio dos ETF’s. Em especial, podemos citar o exemplo do índice S&P 500, que diz respeito às ações com maior capitalização nas bolsas norte-americanas, NASDAQ e NYSE.


Limites de emissor.


Além de respeitar os percentuais das classes de ativos, os estrategistas de investimentos da Grão precisam respeitar os limites de investimento previstos no regulamento do fundo . Na prática, funciona como um teto de quanto pode ser alocado, no máximo, em cada produto financeiro.


Entre os limites, existe um percentual máximo por emissor. Por exemplo, a composição do fundo não pode ultrapassar 25% de títulos de instituição financeira, tampouco 49% de um fundo de investimento (exceto fundo de investimento financeiro exclusivo).


Limite por modalidade de ativo financeiro.


O ARCA também respeita limites máximos por modalidades de ativo. Assim, por exemplo, os títulos públicos federais poderiam chegar até 100% , mas os emitidos por instituição financeira não podem ultrapassar 50%. Geralmente, as modalidades de ativos com mais riscos apresentam tetos mais baixos.


Você consegue baixar o regulamento e ver item por item na página do ARCA.


Resumindo, a composição do ARCA Grão segue os percentuais definidos para cada classe de ativos. Depois, os estrategistas planejam e tomam as decisões, respeitando os limites previstos no regulamento.


No caso da composição, o percentual por classe é mandatório. A diversificação vai acontecer dentro dos percentuais de 30% em ações nacionais, 10% em real estate, 40% em caixa e 20% em ativos internacionais.


Já os limites por emissor e modalidade de ativos apenas não podem ser ultrapassados. Para exemplificar, se os ativos de instituição financeira estivessem em 5%, não haveria problema, pois o limite é 50%.


A estratégia envolve, nesse sentido, diversas avaliações e decisões por parte dos gestores da Grão. Uma das vantagens é contar com esses profissionais, adotando as melhores práticas para você ver o seu patrimônio crescer e conquistar um futuro mais tranquilo.


Quais são os benefícios do método ARCA para sua previdência privada?


Usar o método financeiro do Primo Rico no fundo de previdência privada é uma forma de lidar com um dos principais desafios do setor: a previdência privada é vista como um produto de baixa rentabilidade.


Para oferecer uma alternativa para que você tenha um futuro mais tranquilo, o ARCA buscou diferenciais justamente para maximizar os ganhos.


Rentabilidade.


Como visto, a metodologia ARCA tem resultados sólidos ao longo de uma década (01/01/2012 a 01/01/2021). Por isso, ao contar com essa abordagem diversificada na previdência privada, é possível alcançar uma excelente rentabilidade, especialmente no longo prazo.


Taxas mais baixas.


O ARCA também atua na outra questão que frequentemente deixa os investidores com medo da previdência privada: as taxas.


Não há cobrança das taxas de carregamento, saída e performance. Além disso, a taxa de administração está entre as 10% mais baixas do mercado, atualmente em 0,59%.


Outra característica é que os aportes mínimos iniciais e mensais são de R$100,00 . A título de comparação, a contribuição facultativa da previdência social na modalidade simples é de 11% do salário-mínimo, ou seja, R$133,32, considerando os valores de 2022.


Logo, você tem acesso a um produto com uma estratégia para maximizar a lucratividade, investindo menos que no INSS. Logicamente, é possível fazer aportes maiores, principalmente para aproveitar o benefício tributário.


Benefícios tributários.


O plano de previdência oferece benefícios em relação à tributação. É possível pagar o imposto de renda apenas no resgate e, dependendo do tipo de plano, fazer deduções na declaração do IR.


No PGBL, as deduções podem ser realizadas no limite de 12% da renda via declaração completa. Ao final, o pagamento do resgate acontece com o desconto do tributo tanto sobre a renda como sobre os lucros.


Já no VGBL , não há deduções pelo investimento no plano, mas estratégias como usar a tabela regressiva ou fazer a declaração simplificada, a depender do caso. Além disso, você só paga o imposto sobre os lucros.


Por isso, no PGBL, a vantagem está em investir, se no limite de 12% , com recursos que iriam para o fisco. Já no VGBL, você pode usar outras estratégias, além de ter uma tributação restrita aos rendimentos.


Todos os produtos da categoria previdência privada apresentam as vantagens tributárias. Porém, as taxas e a rentabilidade dependem de você encontrar o produto certo. É o ponto que diferencia um plano de previdência dos outros.


O ARCA Grão adota uma metodologia para maximizar a lucratividade por meio da diversificação, que tem um histórico de alta rentabilidade em diferentes países.


Além disso, oferece taxas entre as 10% mais baixas no mercado. Por isso, é um produto com diferenciais dentro da previdência privada, indo além dos benefícios tributários.


Gostou? Entre em contato com os especialistas da Grão para contratar um plano de previdência privada adequado ao seu perfil e ter acesso às vantagens do ARCA Grão!

Padrões de opções binárias

Padrões de opções binárias - guia completo para identificar e usar padrões de negociação lucrativos A capacidade de tomar decisões é uma c...