Configuração do Ambiente

Configuração do Ambiente.


Para acessar o sistema PJe é necessário configurar o ambiente de seu computador instalando alguns hardwares e softwares, conforme roteiro disponibilizado abaixo. Lembramos que todas as configurações são necessárias para que o acesso ao PJe seja possível.


Conteúdo.


1 Sistema operacional 2 Certificado Digital 2.1 Driver e gerenciador do certificado digital 2.1.1 Observações para Linux e Mac OS X 4.1 Habilitar popups no navegador.


Sistema operacional.


Embora o PJe funcione também em sistemas operacionais livres, para melhor suporte quanto ao uso do certificado digital, recomendamos o uso do Windows das versões a partir do Windows XP.


Certificado Digital.


O Certificado Digital é um documento eletrônico que identifica com segurança pessoas físicas ou jurídicas, por meio da criptografia, tecnologia que assegura o sigilo e a autenticidade de informações. A certificação digital é utilizada para a identificação pessoal em sites de acesso restrito e também para a assinatura de documentos eletrônicos. A Certificação Digital possibilita a execução de procedimentos no meio eletrônico, sem o uso do papel, e com validade jurídica.


Para acesso ao PJe é necessário possuir um Certificado Digital ICP-Brasil A3 e ter alguns programas necessários instalados em seu computador. Para mais informações de como obter um certificado digital, visite:


Driver e gerenciador do certificado digital.


Existem duas formas de armazenamento do certificado digital, via:


Cartão inteligente (smartcard): é um cartão com chip, onde será necessário uma leitora de cartão compatível; Token criptográfico: é um dispositivo USB (semelhante a um pen-drive).


É necessário instalar o driver da leitora de cartão inteligente ou do token criptográfico para habilitar o funcionamento para a utilização do certificado. Os aplicativos necessários à utilização desses dispositivos devem ser fornecidos pela entidade de quem foi adquirido o certificado digital.


O Gerenciador do certificado digital é o programa responsável pela administração do seu certificado digital, o mais utilizado é o SafeSign. É através dele que o Windows gerencia sua leitora de cartão (ou token), acessando o seu certificado digital quando este for requisitado. Abaixo, segue a relação de alguns sites com dicas para instalação e configuração da leitora ou token:


Para informações sobre a lista de autoridades responsáveis pela a emissão de certificados:


Observações para Linux e Mac OS X.


Para usuários de Linux e Mac OS X, a applet de assinatura, quando do primeiro acesso, tentará identificar automaticamente o driver de controle PKCS11 de seu dispositivo criptográfico. Não encontrando, será exibida uma janela de seleção de arquivo em que será necessário indicar o nome desse driver:


no Linux o nome do arquivo é "NOME DO DRIVER.so"; no Mac OS X o nome do arquivo é "NOME DO DRIVER.dylib".


Esses drivers são fornecidos por quem vendeu o dispositivo criptográfico e são específicos para o dispositivo e sistema operacional.


Caso a detecção automática não funcione ou o arquivo selecionado pelo usuário não dê acesso ao dispositivo, será necessário criar o arquivo ~/.pje/pkcs11.conf, ou seja, um arquivo de texto com nome pkcs11.conf, no diretório .pje do diretório "HOME" do usuário. Esse arquivo deverá ter o seguinte conteúdo:


library=/ name=PersonalProvider.


O caminho e o nome do driver deve ser obtido pelo usuário de seu fornecedor de dispositivo criptográfico.


Cadeia de Certificação ICP-Brasil.


A assinatura de documentos no PJe somente pode ser feita utilizando certificados digitais que pertençam à cadeia ICP-Brasil. A cadeia de certificação deve ser instalada no computador do usuário, o que pode ser feito seguindo as instruções da página do repositório das cadeias de certificação mantida pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação: http://www.iti.gov.br/icp-brasil/certificados.


Navegador de Internet.


O navegador de internet é a ferramenta que possibilita o acesso ao sistema PJe.


Para os tribunais e clientes que já migraram à versão 2.0 do PJe, recomendamos o uso do PJeOffice. Com o PJeOffice temos a liberdade do uso de qualquer dos navegadores: Firefox versões iguais ou superiores à 58 e Google Chrome 64 ou superior.


Habilitar popups no navegador.


No Mozilla Firefox o bloqueio de popups é ativado automaticamente por padrão. Entretanto, o PJe utiliza os popups na navegação do sistema. A permissão para o PJe utilizar os popups pode ser realizada das formas explicadas a seguir.


Modo 1: Através da barra de informação que é exibida no topo da página quando o Firefox bloqueia um popup:


Após clicar em "Opções" na barra de informações será exibido um menu. Clicar na opção "Permitir popups de www.tribunal.jus.br".


Então aparecerá uma pequena janela com a mensagem: "Pop-ups habilitadas". Após fechar a janela, realizar uma nova tentativa de acesso ao site do PJe desejado.


Modo 2: Ou através: Menu ( ou Ferramentas) > Opções > Conteúdo em Janelas popup. É possível acessar diretamente a opção digitando o endereço: about:preferences#content na barra de navegação.


Em "Exceções. ", adicionar o endereço do site e clicar em "Permitir" e em seguida "Salvar alterações". Após fechar a janela, realizar uma nova tentativa de acesso ao site do PJe desejado.


Assinador.


Devido ao mau funcionamento do plugin do Java nas versões mais recentes do Mozilla Firefox, orienta-se a utilizar o aplicativo PJeOffice que é uma versão de assinador para o sistema PJe que substitui o plugin do Java, que também é utilizado para a assinatura no navegador de internet.


Para realizar o download do aplicativo e acessar o guia de instalação e configuração, acesse PJeOffice .

Padrões de opções binárias

Padrões de opções binárias - guia completo para identificar e usar padrões de negociação lucrativos A capacidade de tomar decisões é uma c...