Corretora de valores aprenda a investir com quem entende do assunto

Corretora de valores: aprenda a investir com quem entende do assunto.


Se você é um investidor ou está começando a investir, precisa entender o que é uma corretora de valores e porque você precisa de uma. Você provavelmente já ouviu isso em algum lugar, mas por quê?


Neste artigo, você irá entender de maneira fácil como funciona uma corretora de valores, para que serve e porque você deve tirar seu dinheiro do banco para investir por uma corretora de valores.


Aqui, você vai ver:


O que é uma corretora de valores; Como funciona uma corretora de valores; Para que serve uma corretora de valores; Investir através de uma corretora de valores ou banco? Como escolher uma corretora de valores.


O que é uma corretora de valores?


Uma corretora de valores é uma empresa que pertence ao Sistema Financeiro Nacional, intermediando a compra e venda de valores mobiliários, como títulos e ações. Ela funciona como um mercado de investimentos, onde você acessa diversos produtos emitidos por variadas instituições financeiras.


O papel da corretora de valores é fazer a conexão entre você, investidor, e o mercado financeiro.


Para sua formação e funcionamento, é necessária autorização do Banco Central do Brasil e da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). Você não terá um cartão de crédito ou pegar empréstimos como em um banco.


Mas terá uma conta com maior diversidade de investimentos, melhores taxas e uma equipe especialista para te ajudar. Tudo isso de forma muito simples e pela internet, se escolher uma boa corretora.


Muita gente pensa que corretora de valores “é coisa de quem investe em ações”. Mas elas estão muito enganadas, pois hoje a realidade é outra. Independentemente se você busca um investimento mais arrojado, como investir em ações, ou um investimento de baixo risco, como a Renda Fixa, uma corretora de valores tem mais opções que, na grande maioria dos casos, são mais rentáveis que os grandes bancos.


Chega de deixar seu dinheiro na Poupança ou em opções pouco rentáveis oferecidas pelo seu banco. Você pode tomar o controle dos seus investimentos hoje e ganhar muito mais.


Para que elas servem?


A corretora de valores é a ponte entre você e o seu investimento. Essa é a sua principal função, mas não é a única. Essas instituições são as responsáveis por uma série de atividades dentro do mercado financeiro, como:


Promover oferta pública de ações: Quando uma empresa resolve negociar suas ações na Bolsa de Valores, ela precisa fazer uma oferta pública de ações, também conhecida como IPO . É a corretora de valores que faz com que essa oferta chegue aos investidores. Executar ordens de compra e venda de ativos: Para comprar uma ação, você envia uma ordem de compra na plataforma ou Home Broker da sua corretora. É a corretora, em conjunto com a Bolsa de Valores, que executa a ordem, caso tenha um investidor interessado em vender aquela ação, pelo mesmo preço que você deseja comprar. Criação e administração de Fundos e Clubes de Investimentos: Além de investir diretamente em títulos ou ações, também é possível investir em Clubes e Fundos de Investimento. Eles fazem uma composição de diferentes investimentos e distribuem os lucros aos investidores, proporcional à quantidade de cotas que cada um possui. Assessoria de investimentos: Orientar os investidores na administração de suas carteiras de investimentos também é função dessas instituições. Isso é feito tanto por assessores especializados em alocação de carteira, quanto pelo que chamamos de Mesa de Operações, composta por profissionais preparados para dar orientações rápidas em investimentos na Bolsa de Valores. Oferecer conhecimento: Um outro detalhe importante, que você percebe nas melhores corretoras é a ajuda para você investir melhor. Normalmente, além da assessoria, é possível encontrar também conteúdos para que você fique cada vez mais perto dos melhores resultados. Carteiras exclusivas, recomendações, artigos, cursos (ex: curso de Day Trade, são alguns exemplos.


Embora muitas pessoas acreditem que seus títulos ficam guardados na corretora de valores, não é bem assim que acontece. Na verdade, a custódia dos investimentos é feita por centrais especializadas da Bolsa de Valores, como a Cetip para CDB´s, LCI’s LCA’s, por exemplo, a CBLC para ações e a SELIC para títulos públicos federais.


Para entender melhor como funciona tudo isso, sugerimos a leitura do artigo O que é Bolsa de Valores .


Principais vantagens das corretoras de valores:


Melhores plataformas de investimento: O papel das corretoras de valores é facilitar o investimento de seus clientes. Por isso, normalmente, elas oferecem plataformas mais modernas, de alta tecnologia e mais simples de investir. Ao contrário dos grandes bancos, que ainda possuem plataformas muito limitadas e difíceis de mexer. Profissionais especializados: Em uma corretora de valores, todos os profissionais estão focados em investimentos. Isso quer dizer que você tem acesso a informações mais precisas e qualificadas. Mais opções de investimento: Além de diferentes títulos, você tem a opção de investir em títulos de diferentes bancos, o que não acontece se você investe no seu banco. Menores taxas: Como falamos anteriormente, corretoras de investimento cobram taxas bem mais baratas que os bancos. Algumas taxas, inclusive, nem são cobradas, como é o caso da Taxa de Custódia e da taxa de corretagem em determinadas instituições. Apoio educacional: Muitas corretoras oferecem materiais de apoio para investidores iniciantes ou para quem deseja evoluir mais no assunto, como cursos, palestras online, e-books e blogs educacionais.


8 pontos importantes para entender uma Corretora de Valores.


Agora que você entendeu como funcionam as corretoras de valores e que investir por elas é muito melhor do que investir pelos grandes bancos, há alguns pontos que você precisa entender porque vão interferir diretamente na escolha da sua corretora.


1) O que é taxa de corretagem?


Corretagem é uma taxa cobrada para operações na Bolsa de Valores. Ela é aplicada cada vez que você compra ou vende uma ação, por exemplo. O valor da taxa de corretagem varia em cada corretora ou banco, e também depende da modalidade de operação.


A boa notícia é que na Toro você conta com uma vantagem: corretagem zero para investir em ações, minicontratos, Fundos Imobiliários, ETFS, Renda Fixa e ainda para fazer Day Trade.


2) O que é taxa de custódia?


A taxa de custódia é uma taxa cobrada para guardar seus investimentos. Como eles ficam guardados na Bolsa de Valores, a taxa é cobrada pela própria B3 , antes chamada de BM&F Bovespa. A corretora de valores, portanto, recebe essa taxa e repassa à Bolsa. Algumas instituições assumem esse custo e não cobram de seus investidores.


3) O que é corretora Taxa Zero?


Algumas instituições oferecem Taxa Zero a seus investidores. Isso quer dizer que elas não cobram taxas de administração, nem a taxa de custódia cobrada pela B3 e nem a taxa de corretagem. Nesse caso, elas pagam a taxa no lugar do investidor, deixando-o isento.


Como falamos, aqui na Toro, você não paga nada de taxa de corretagem para investir. Que tal aproveitar o jeito mais fácil de investir com Corretagem Zero agora mesmo?


6) É seguro investir por essas instituições?


Uma corretora de valores tem a mesma segurança de um banco e, para seu funcionamento, são necessárias diversas autorizações e regulamentações da Anbima, B3, CVM e do Banco Central.


Muitos investimentos também contam com o seguro do FGC - Fundo Garantidor de Créditos, que é o mesmo seguro que cobre a Poupança.


Pode ficar tranquilo, porque aqui na Toro contamos com todas as certificações necessárias para te ajudar a aproveitar o melhor do mercado do jeito certo.


7) Como encontrar uma corretora na minha cidade?


No site da B3, você encontra uma lista de corretoras de valores autorizadas pela Bolsa. No entanto, não é possível filtrar a busca por localização. Mas não tem problema, pois na verdade é isso não é necessário.


Você não precisa de uma instituição na sua cidade, porque quase tudo é feito online ou pelo telefone, de forma muito mais prática e rápida. Acredite, você provavelmente nunca precisará ir, de fato, à sua corretora de valores.


Além disso, ter uma corretora em cada cidade aumenta os custos deste serviço, que acaba sendo repassado aos investidores. No fim das contas, a possibilidade de várias corretoras físicas para que o investidor possa fazer uma visita e tomar um café com o gerente pode se tornar um custo desnecessário para o próprio cliente.


Para evitar dor de cabeça, a melhor dica é escolher uma corretora que ofereça o melhor atendimento e suporte para você.


Assim, mesmo que não possa ir pessoalmente à corretora, você vai ter a tranquilidade de que vai resolver toda e qualquer situação pelo telefone ou pela internet com rapidez.


8) Como abrir uma conta gratuita?


Abrir uma conta, normalmente, é um processo muito simples, rápido e online. Primeiramente, você entrará em contato com a instituição e solicitará a abertura de conta. Então, você enviará documentos como identidade e comprovante de endereço, preencherá uma ficha de cadastro e pronto. Sua conta será aberta rapidamente.


Em alguns casos, não será necessário o envio de documentos no primeiro momento, e sua conta será aberta rapidamente. Após esse procedimento, é só transferir o dinheiro para sua nova conta e você já pode começar a investir. Sabia que aqui na Toro você pode abrir sua conta gratuitamente, de forma rápida, segura e 100% online?

Compre e venda opções binárias

Como comprar e vender opções binárias - aprenda como maximizar seus lucros! Você já imaginou construir um patrimônio sólido e seguro inves...